17 novembro 2014

Franciso - Amor e Saudade

Olá boa tarde!
Hoje vou postar algo que nos aconteceu (à minha família) que a princípio fiquei pensando se postaria ou não, mas já que, aqui é um blog pessoal então não tem porque eu não postar, até porque eu gosto de escrever, e aqui eu posto mensagens para reflexão, então resolvi compartilhar aqui também sobre isso, quem sabe de alguma forma também não ajuda alguém que esteja passando o mesmo que eu.
 
Bem, dia 15/11 fez dois meses que O Senhor levou consigo o meu irmão caçula, ele tinha 27 anos, era um jovem alegre, extrovertido e muito, mais muito mesmo família. A diferença de idade minha e dele é de apenas um ano e quatro meses, então toda a nossa infância passamos juntos, bem grudadinhos, sofri e estou sofrendo muito com a partida dele, mas de certa forma estou conformada, pois sei que somente Deus pode dar e tirar a vida de alguém, e foi Ele quem nos deu o meu irmão, ele não era nosso, ele sempre foi de Deus, e agora o Senhor o pegou de volta, sei que hoje meu irmão querido descansa no Senhor, e um dia com certeza nos encontraremos novamente. Sua missão aqui na terra foi cumprida, ele conheceu o Senhor, amou, casou e mudou a vida de uma jovem, e jamais será esquecido. Abaixo um breve texto para descrever melhor os meus sentimentos logo após sua partida.
 
"Sabe aqueles sonhos que tem alguém correndo atrás da gente e a gente nem consegue se mover do lugar?! Pois é, parece que eu estava tendo um daqueles sonhos, só que na verdade não era ninguém que estava correndo atrás de mim, e nem era sonho, era pura realidade, e não estava atrás de mim, estava em busca do meu irmão. Eu mal consegui arrastar meus pés até a sala do médico quando ele chamou a mim, meu esposo e a sogra do meu irmão, para nos dá o terceiro diagnóstico de morte encefálica. Por mais fé que eu tivesse, por mais esperança que eu tivesse de que meu irmão saíria com vida daquele hospital, de certa forma eu sabia o que o médico iria nos dizer, não sei explicar como eu senti isso, era como se de alguma maneira Deus estivesse me avisando e me preparando pscilogicamente para ser forte diante da minha mãe e dos meus outros irmãos. Eu poderia ter me desesperado naquele hora, ter saído correndo e gritando daquela sala e dizendo que isso não era verdade, que Deus era bom demais para fazer isso conosco, afinal meu irmão tinha apenas vinte e sete anos, e tinha sonhos para realizar, objetivos a alcançar, então Deus não poderia simplesmente nos tirar, levá-lo consigo simplesmente porque tinha chegado a hora, isso não era certo. Eu poderia ter me revoltado com o mundo, com a vida, com o destino e o pior, com o próprio Deus. Pois pensei que se um dia eu perdesse um dos meus irmãos ou minha mãe eu simplesmente não suportaria, eu morreria junto, pois a dor da perda é algo que só quem perde alguém tão querido como era o meu irmão pode imaginar o quão ruim é. Mas eu não fiz nada disso, não me desesperei, não gritei, não saí correndo e nem me revoltei contra tudo e contra todos, e tenho certeza que aquele mesmo ser que levava meu irmão naquele dia também me amparava em seus braços, não me deixou cair, não me deixou morrer também, e me amou de maneira tão única e perfeita que me fez lembrar quem um dia, Ele também teve uma perda, um dia, Ele abriu mão de um filho, que teve uma morte tão injusta que até hoje é lembrado e que jamais deverá ser esquecida, e por conta dessa morte, hoje meu irmão pode descansar e futuramente desfrutar de um lugar no céu."
 
E é isso meus amigos, que esse post seja para que entendam que quando aceitamos a vontade de
 
Deus, qualquer dor pode ser trasnformada em esperança, pois o próprio Deus apesar de nos tirar quem tanto amamos nos diz para termos esperança e não sofrer:
Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.
Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. 1Ts 4: 13-18
 
 
Que possamos aceitar a vontade de Deus quando estas também forem dolorosas!
Abraços!
 

2 comentários:

  1. É Deus tem um plano pra todos nós, se Deus levou seu irmão, é porque Deus o quer junto dele. É muito difícil uma perda assim. Eu costumo pensar que a morte é uma viagem de mudança pra um lugar muito distante. E as ligações são as orações e os pensamentos dirigidos.E eu acredito que seu irmão sempre ouvirá as orações que você direcionará a ele. E isso diminui um pouco a saudade. Meus sentimentos, Beijos, Giovana.
    ABOUT GIRLS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Gi, Deus sempre tem um plano, e aos poucos estou entendendo e compreendendo os planos de Deus para meu irmão! Isso é muito reconfortante. Obrigada pelas palavras :)

      Bjus!

      Excluir
Ocorreu um erro neste gadget